Morre trabalhador ferido em explosão na John Deere de Horizontina


Horizontina - O corpo de ELÓI LEVANDOWSKI, de 42 anos, está sendo velado na Capela da Igreja Católica de Horizontina. O sepultamento ocorre às onze e meia deste domingo(21), no cemitério da cidade. O funcionário da John Deere Brasil, fábrica de colheitadeiras e plantadeiras se feriu gravemente por volta da onze e meia da noite da última sexta-feira(19), quando fazia limpeza de rotina nos equipamentos de pintura na linha de produção de colheitadeiras. Com a explosão ele teve cerca de 80% do corpo queimado.

LEVANDOWSKI, chegou ser transferido para o Hospital São Vicente de Paulo de Passo Fundo, porém morreu por volta das três e meia da tarde deste sábado(20). Em nota, a John Deere, lamentou o fato e revelou que a empresa vai dar total apoio aos familiares, do colaborador que trabalhava há 17 anos na unidade de Horizontina. Segundo a empresa, ele realizou dezenas de horas de treinamentos de segurança e qualificação profissional e cumpriu todas as normas de segurança no ambiente de trabalho. O Instituto Geral de Perícias (IGP) irá investigar as causas da explosão.

Outros dois trabalhadores, GIOVANE TURRA e DIOGO MAIQUEL DOS SANTOS tiveram ferimentos leves. A explosão chegou ser sentida por pessoas que moram nas proximidades da indústria. Uma moradora das proximidades da fábrica, relatou pra reportagem da Rádio Cidade Canção FM, que logo após o incidente avistou um homem em chamas correndo no pátio da fábrica. O fogo foi controlado pelo sistema de segurança contra incêndios da John Deere, juntamente com o apoio do Corpo de Bombeiros.

Produção: Antônio de Oliveira



Acidente de Trabalho



Acidente de Trabalho

Aplicativo

Para instalar no Android, ative a opção para instalação de aplicativos de fontes desconhecidas.

Os aplicativos são disponibilizados por CICLANOHOST


Facebook


Twitter